Campanha conscientiza sobre cuidados com a voz

Description: Dia foi marcado para informar as pessoas sobre a importância da saúde vocal. Evento ocorreu na Universidade da Amazônia (Unama). 

Date: 2017-04-18 

Time: 10:00-12:00 

City/place: Belém Venue address: Auditório David Mufarrej - UNAMA 

Performer/s: “O Dia da Voz é uma oportunidade de conscientização para a importância dos cuidados com a voz, que é instrumento importante em nossa vida pessoal e profissional”, comenta a preceptora do curso de Fonoaudiologia Lídia Damasceno, responsável pela organização do evento. De acordo com a coordenadora do curso de Fonoaudiologia da Universidade da Amazônia (Unama), Alexandra Negrão, uma voz saudável é aquela que atende plenamente às necessidades profissionais e pessoais do falante, e se mantém sem dificuldade no decorrer da vida. “O aparecimento de alguns sinais, porém, deve servir de alerta para que a pessoa procure um especialista. Rouquidão, aspereza, cansaço vocal, perda da voz no final ou meio de frases, sensação de aperto na garganta e pigarro constante são alguns. Quando mais de três desses sintomas se manifestam, a pessoa pode apresentar um desequilíbrio na voz, o que poderá levá-la a um desgaste e redução do rendimento vocal”, disse. A palestrante e fonoaudióloga Rose Gonçalves falou sobre a atuação da voz. ”O objetivo do Dia da Voz é conscientizar a população sobre a importância da voz, 70% dos brasileiros trabalham utilizando a voz”, destacou. ”O fonoaudiólogo está ganhando espaço nos hospitais e estou dando dicas para reabilitar pacientes”, acentuou. Além de orientações gratuitas, as pessoas que participaram da programação montada pelos professores da Fonoaudiologia puderam assistir às peças teatrais sobre o funcionamento da voz e participar do treinamento prático com exercícios vocais e passar por uma triagem de voz através de análise dos alunos do curso. Por Márcio Harnon Gomes. 

Contact: 55 91981241564 



The information is provided by the organiser who is responsible for it.
Bookmark the permalink.